EBRAP

Criada em 2013, a Escola Brasileira de Advocacia Pública – EBRAP, designação acadêmica da Diretoria Especial de Ensino e Pesquisa da ABRAP, destina-se a promover ensino e pesquisa na área de gestão pública, voltados para o desenvolvimento e a difusão de conhecimento, modelos e metodologias comprometidas com inovação, transparência, responsabilização e aprimoramento da advocacia pública, em especial, à desenvolvida junto às autarquias e fundações públicas.

Dentre outras atribuições, cabe à Escola Brasileira de Advocacia Pública – EBRAP, diretamente ou por intermédio de instituições contratadas ou conveniadas:

I – promover formação, reciclagem profissional, aperfeiçoamento e especialização dos advogados públicos integrantes dos quadros permanentes das entidades autárquicas e fundacionais estaduais, devidamente associados à ABRAP;

II – desenvolver programas com conteúdo básico voltado para o aprimoramento das atividades profissionais e técnicas dos advogados públicos integrantes dos quadros permanentes das entidades autárquicas e fundacionais estaduais, devidamente associados à ABRAP;

III – organizar e administrar a realização de cursos de curta e média duração, para a divulgação de temas específicos; cursos de aperfeiçoamento ou atualização, para transmitir conceitos, práticas operacionais, ferramentas de gestão e atuação profissional; cursos customizados, para atender demandas específicas; cursos de graduação, pós-graduação lato sensu e stricto sensu voltados para formação, aperfeiçoamento e especialização profissional na área de administração pública e da advocacia pública;

IV – promover inovação da gestão pública e da advocacia pública através da geração e disseminação do conhecimento;

V – atualizar, reciclar e ensinar os Associados da ABRAP favorecendo a excelência no exercício da advocacia pública;

VI – incentivar a produção científica em matérias de interesse da administração pública e da advocacia pública, bem como realizar estudos, análises e pesquisas técnicas e científicas relacionadas aos respectivos temas;

VII – fomentar e promover a criação, publicação, divulgação e organização de trabalhos produzidos pelos alunos e professores da EBRAP;

VIII – promover e organizar conferências, simpósios, seminários, palestras sobre questões relacionadas com a administração pública e com a advocacia pública;

IX – promover a concessão da Comenda da Ordem do Mérito da Advocacia Pública;

X – auxiliar na estruturação e no fortalecimento da advocacia pública exercida nas autarquias e fundações públicas estaduais.

Para cumprir a sua missão institucional, a EBRAP conta com a seguinte estrutura: a) Diretoria Geral; B) Vice-Diretoria Geral; C) Diretoria Acadêmica; D) Coordenadoria Pedagógica; E) Secretaria Adminstrativa.

 

 

noticias